Arboviroses - Dengue, zica e Chikungunya

Arboviroses - Dengue, zica e Chikungunya

As arboviroses são doenças muito presentes no Brasil. Recebe esse nome toda enfermidade causada por um vírus que seja transmitido por um inseto, aranhas ou carrapatos. A partir dessa classificação, já podemos identificar várias arboviroses que infelizmente fazem parte do nosso dia a dia.

Dentre essas doenças existem algumas que são muito comuns e são causadas por um famoso mosquito, que já se tornou assunto presente em todas as escolas infantis e de ensino fundamental e já é conhecido por toda a população: o Aedes aegypti.

 

As arboviroses causadas pelo Aedes aegypti

 

O Aedes aegypti é responsável por transmitir o vírus de quatro doenças: dengue, Zika, febre chikungunya e febre amarela. Nesse artigo iremos nos focar nos três primeiros.

O fato de todas as enfermidades citadas serem consideradas arboviroses e serem transmitidas pelo mesmo mosquito fazem com que elas sejam semelhantes em alguns aspectos, entretanto, em outros, são bem distintas e possuem particularidades.

 

Dengue

 

Todo ano grande parte das regiões brasileiras passa por um surto de dengue no período chuvoso, que a época mais favorável para reprodução do Aedes aegypti.

Os principais sintomas incluem febre alta, dores atrás dos olhos, na cabeça e no corpo, manchas avermelhadas na pele e coceira. Alguns sintomas um pouco mais graves como náuseas, vômitos e tontura podem aparecer.

Existe ainda um agravante que é a dengue hemorrágica, uma versão mais brusca da doença que, além de apresentar os sintomas anteriores de forma intensa, também possui outros sinais como sangramentos na boca e nariz, dificuldade respiratória, dores abdominais, entre outros.

A dengue, quando não é hemorrágica, geralmente não é muito grave. O tratamento gira em torno de amenizar os sintomas, pois, não há uma medicação para o vírus em si.

 

Zika

 

Apesar de os primeiros casos de Zika vírus terem aparecido no Brasil somente no ano de 2015, os primeiros registros das doenças foram feitos em 1947, a partir da sua detecção em macacos em uma floresta de Uganda chamada Zika.

A peculiaridade dessa doença é que a maioria das pessoas é assintomática, ou seja, não apresenta qualquer tipo de sintoma.

Quando aparecem eles são: febre baixa, dores nas articulações, músculos, cabeça e atrás dos olhos, conjuntivite e erupções cutâneas.

Assim como a dengue, o Zika não possui um tratamento, por isso, tratam-se apenas os sintomas.

 

Febre Chikungunya

 

A chikungunya possui sintomas parecidos com o da dengue, como a febre, dor de cabeça e o cansaço. No entanto, a principal particularidade da doença é que seu principal foco são as juntas.

O vírus causa inflamações nas articulações, causando dores, inchaços e vermelhidão. Isso faz com que a pessoa que tenha o vírus fique bastante indisposta durante o período de manifestação dos sintomas e tenha dificuldades de locomoção. Entretanto, a febre chingunya não é muito letal, apresentado baixa taxa de mortalidade.

Como foi possível observar, todas essas doenças possuem alguns sintomas em comum, mas variam na questão da gravidade, umas são mais brandas e outras mais severas.

Mas uma coisa todas elas têm em comum: só é possível combatê-las evitando a procriação do Aedes aegypti. Por isso, se certifique de não deixar água acumulada na sua residência e conscientize seus vizinhos.

Fonte: Equipe de Comunicação