Exames que podem ser feitos para verificar a imunidade

Exames que podem ser feitos para verificar a imunidade

Sempre que nos deparamos com um problema de saúde, costumamos dizer que nossa imunidade está baixa. A baixa imunidade é de fato um aspecto determinante para que nosso organismo sofra com algum tipo de doença.

Por isso, conhecer os exames que podem ser feitos para verificar a imunidade é muito importante para o diagnóstico preciso. Procurar por uma opinião médica deve ser algo frequente, pois por meio de exames será mais fácil detectar algum tipo de alteração e possíveis doenças.

 

A imunidade e os exames de sangue

 

Exames de sangue têm uma importância imensa quando queremos ter uma visão ampla de nossa saúde. Por meio do exame de sangue é possível detectar alterações em nosso sistema imunológico e prevenir doenças mais sérias.

Os hemogramas são os principais exames solicitados pelos médicos para verificar alterações no organismo. Com o hemograma pode-se avaliar entre outros, dois dos principais grupos celulares sanguíneos: as Hemácias e os Leucócitos.

 

Hemácias, um meio de transporte essencial para o organismo

 

Os famosos glóbulos vermelhos atuam como meio de transporte de nutrientes e oxigênio para o corpo. Por isso, dentro dos exames de sangue, investigar a quantidade de hemácias é fundamental. Quando a quantidade de hemácias atinge um nível mais baixo, leva consigo a imunidade, tornando o organismo mais suscetível a problemas como, por exemplo, a anemia.

 

Leucócitos e suas funções protetoras

 

O sistema imunológico necessita dos glóbulos brancos para se manter ativo e eficiente em sua função protetora contra organismos invasores. Os leucócitos defendem nosso corpo contra alergias, infecções, doenças e resfriados. Por meio dos exames sanguíneos é possível fazer a contagem desses glóbulos e verificar infecções e determinadas alergias.

 

Imunoglobulina para identificar alergias e infecções virais

 

Além dos exames para analisar os Leucócitos e Hemácias, ainda poder ser realizado um exame de imunoglobulina. Esse tipo de exame é um importante instrumento na investigação de complexos imunes. Os complexos imunes são estruturas essenciais na defesa do sistema imunológico.

Os resultados obtidos após o exame ajudam a identificar males decorrentes da imunidade baixa, que vão desde alergias, hepatites, toxoplasmose e diversas infecções virais. Ao falar da imunoglobulina é importante ressaltar que o exame para investigar anticorpos é chamado de sorologia.

Com esse exame, que analisa uma amostra de soro ou plasma do sangue, é possível identificar a presença e quantidade de anticorpos existentes, o que possibilitará ao médico perceber qualquer alteração mais evidente no organismo.

Os exames dentro dessa linha de análise são os IgG e IgM, que analisam anticorpos que atuam de forma conjunta no organismo e são responsáveis pela ação imediata contra infecções.

 

A quantidade de exames pode confundir

 

São muitos os exames e problemas que podem ser encontrados por meio do exame de sangue. Apesar de serem muito comuns, não é raro pessoas acharem que o exame de sangue é um procedimento que envolve coletar e analisar, apenas.

Na realidade, dentro da área médica, existem diferentes testagens e amostras, ou seja, um exame de sangue vai envolver a investigação de hemácias, leucócitos ou outros testes e amostragens.

Para obter mais informações sobre exames e conhecer nossa história e serviços, entre em contato através do nossoWhatsApp ou ligue (65) 3641-2333.

Ao continuar navegando pelo Portal, o Usuário declara estar de acordo com nossa Política de Privacidade