Tire suas dúvidas sobre o exame Papanicolau

Tire suas dúvidas sobre o exame Papanicolau

O Papanicolau é um exame que pode prevenir várias doenças como câncer de ovário e endométrio, por isso é de extrema importância a realização. E entender melhor sobre o assunto é fundamental, por isso, tire suas dúvidas sobre o exame Papanicolau!

Um exame de realização rápida e simples, mas que pode oferecer altos benefícios à saúde da mulher, o Papanicolau tem a capacidade de detectar alterações ou lesões no tecido do útero e garantir o bem estar, prevenindo doenças e complicações futuras.

 

Dúvidas sobre Papanicolau

 

Uma das principais dúvidas que muitas mulheres possuem é saber para que serve esse tipo de exame. Pois bem, conforme mencionado, é um exame que detecta qualquer tipo de alteração no tecido uterino.

Com isso, detecta presença de HPV, que é considerada a infecção que ocasiona câncer de colo de útero em todos os casos praticamente.

Além disso, outras infecções, como a candidíase, que são transmitidas sexualmente, também são reveladas no Papanicolau. Dessa forma, com a descoberta de qualquer alteração, o tratamento certo é feito de forma rápida e interrompe qualquer possível evolução que a infecção teria.

Outra dúvida comum, principalmente para as mulheres que estão começando a realizar esse exame, é como é feito.

O procedimento do exame é simples e não é demorado, o que torna muito mais fácil.

Primeiramente, o médico especialista, que é o ginecologista, possui um espaça próprio para esse tipo de exame. Ele é feito com a paciente deitada e com as pernas apoiadas em um tipo de suporte elevado, o que permite que o médico tenha acesso à parede vaginal e ao colo do útero.

E para tornar possível esse acesso é utilizado um objeto chamado de espéculo, tendo o formato parecido com um bico de papagaio. Mas não se preocupe, pois ele o exame geralmente é indolor, podendo somente causar leve desconforto.

Depois de colocado o espéculo para abrir caminho, o ginecologista realiza a extração de células do colo do útero e da parede vaginal. Com esse material, uma análise é realizada em laboratório.

Além dessas dúvidas, uma outra comum é quais tipos de resultados podem aparecer no exame.

Depois dessa análise feito em laboratório, é possível detectar bactérias e fungos presentes na amostra colhida, o que permite a classificação de alguma anormalidade caso exista.

Dentre as anormalidades possíveis de serem encontradas, estão as alterações benignas. Também podem ser detectados tumores e algumas lesão que, quando não recebem o devido tratamento, podem causar um tumor maligno.

Por isso o Papanicolau é tão importante, pois a partir da descoberta de uma pequena lesão ou anormalidade, maiores exames são realizados para verificar com mais detalhes.

Com isso, qualquer alteração pode ser tratada, prevenindo a evolução para doenças mais agressivas e que causam consequências sérias no organismo.

Dessa forma, o Papanicolau precisa ser realizado de forma periódica, sendo feito como exame de rotina em mulheres com atividade sexual.

Tirou suas dúvidas sobre o exame Papanicolau? Então, entre em contato conosco pelo WhatsApp ou ligue (65) 3641-2333, para fazer sua pergunta!